Bomba peniana: saiba como pode ajudar no seu desempenho

Conteúdo

A bomba peniana é oferecida como um recurso milagroso para aumento do pênis em muitas propagandas da internet. Porém, o dispositivo tem sim um uso terapêutico e pode melhorar a função peniana em casos específicos.

No entanto, muitos pacientes têm dúvidas se a bomba peniana funciona, como usar e quais os resultados efetivos. Fique nesse post e esclareça suas dúvidas.

Para que serve bomba peniana?

A bomba de vácuo peniana tem respaldo nos estudos da Medicina e também faz parte de um tratamento de reabilitação peniana.

Para quem quer saber o que é a bomba peniana: esse é um dispositivo que cria um vácuo no entorno do órgão sexual masculino, e isso vai estimular o fluxo de sangue no local, o que é o processo básico da ereção.

A vacuoterapia é indicada para prevenir a atrofia peniana (encurtamento e afilamento do pênis) e melhorar a função peniana em diversos casos, porque vai estimular a ereção de forma mecânica com uso da bomba peniana. Por isso, é muito indicada para tratamento da impotência também.

Serve como uma alternativa para pacientes que estão com disfunção erétil, já tomaram medicamentos vasodilatadores que produziram efeitos colaterais ou eram adeptos de injeções penianas, mas não querem mais usar esse último método.

A bomba peniana não é invasiva, não oferece riscos se for usada cuidadosamente com as instruções do médico e pode ser usada na conveniência do paciente. Outra vantagem importante é que pode ser usada em associação com outros tratamentos.

Além disso, também tem vantagens financeiras porque existem diversos modelos de bombas penianas, com custos diversos.

Usos indicados da bomba peniana

 

A bomba peniana tem sim um uso terapêutico e pode melhorar a função peniana em casos específicos. Saiba mais sobre o assunto.

As indicações de uso passam por prescrições médicas específicas, como:

1 – Reabilitação peniana

A bomba peniana faz parte de um pacote de tratamento da reabilitação peniana

Então, o uso da bomba peniana aumenta o pênis?  Não é que o dispositivo vai aumentar ou engrossar o pênis de forma significativa. É bem verdade que ela pode restabelecer o tamanho se houve atrofia peniana e se não houve, aumentará no máximo 1 cm na média. A vacuoterapia também fará a  estimulação da circulação peniana, que vai ajudar a melhorar a função erétil e até mesmo promover um certo resgate de calibre e tamanho.

Mas quando o paciente vai necessitar do uso de bomba de vácuo peniana? São dois casos para uso das bombas penianas com essa finalidade de reabilitação: cirurgias e pênis que tiveram  longos períodos de desuso para funções sexuais. Ainda tem uma terceira situação no qual o uso da bomba peniana pode ser importante, que é o desgaste natural do tecido peniano.

Cirurgias

As bombas penianas podem ser indicadas quando os pacientes desenvolveram uma disfunção erétil após cirurgias de próstata (quando pode ter ocorrido lesão de nervos e vasos penianos).

Normalmente, no pós-operatório nesse tipo de cirurgia pélvica, a utilização da bomba peniana é importante para estimular que o pênis volte à forma anterior e evitar a atrofia do pênis.

Paciente passou muito tempo em desuso do pênis

Em muitas vezes, o paciente pode ficar um tempo sem o devido uso sexual do pênis por questões diversas e, com isso, a função peniana fica prejudicada. Em alguns casos, o desuso por 18 meses após uma cirurgia de próstata,  pode levar a uma diminuição do órgão de 0,5cm a 5cm.

Assim como ocorre em outros órgãos do corpo,  o desuso acaba promovendo uma atrofia muscular e para recuperar é necessário estímulo da musculatura por meio de uma fisioterapia. Lembrando que o pênis não tem musculatura esquelética igual braços e pernas, tem musculatura lisa, elastina, colágeno, etc.

Bomba peniana: saiba como pode ajudar no seu desempenho

Aí é que entra a bomba peniana, ela serve  para o paciente  que tem uma disfunção erétil de longa data, não tratou,  ficou sem ereção noturna, sem ereções espontâneas, sem relações sexuais e quer voltar à atividade sexual.

Nestes casos, a bomba peniana, junto com outras iniciativas da reabilitação peniana, pode ajudar a restaurar o tamanho e a função erétil, porque a pressão negativa causada pelo vácuo força o sangue a entrar no pênis  oxigenando melhor o órgão (tecidos cavernosos e esponjoso).

Desgaste do tecido peniano

Um estudo realizado em Massachusetts apontou que a partir dos 40 aos 49 anos, há aumento de 1,2% na prevalência da disfunção erétil. Neste mesmo estudo, é apresentado que dos 60 aos 69 anos, esse percentual sobe para 4,6%.

Esse problema tem muita relação com o estilo de vida e doenças subjacentes que surgem na vida do homem, porém, em alguns casos, a impotência surge apenas pelo desgaste do tecido peniano.

Esse desgaste com o tempo porque há alterações nos nervos, nos vasos, no endotélio e na parede interna do pênis. 

Com o envelhecimento pode ocorrer uma deterioração no nervo cavernoso, já com a disfunção endotelial (endotélio é a capa que reveste as artérias pelo lado de dentro), o que ocorre é o aumento do estresse oxidativo, diminuição da arginina (que é precursor do óxido nítrico, que é fundamental para a ereção), entre outros fatores.

Além disso, com o passar dos anos, a musculatura liso do pênis diminui e há diminuição da elasticidade da túnica albugínea, que fica dentro do pênis.

Quando a musculatura lisa do pênis diminui também provoca a impotência, porque essa musculatura é presente em tecidos involuntários. Quando essa diminuição está em 15%, o paciente já começa a ter problemas com a ereção.

Para isso, o uso da bomba peniana pode ajudar no processo de reabilitação peniana.

Veja mais detalhes no vídeo abaixo:

2 – Pré-operatório de prótese peniana

Antes de fazer a cirurgia  de  implante peniano, é recomendado o uso da bomba peniana a fim de restaurar o tamanho e o calibre para conseguir colocar um modelo de prótese um pouco maior. Com o homem usando bomba peniana, é possível colocar uma prótese peniana (inflável ou semirrígida) com um ganho de até 2 cm ou mais.

Com uso da bomba, o tecido cavernoso do pênis fica um pouco mais leve e permissivo, o que facilita  a colocação da prótese.

3  – Pacientes que não têm ereção e não querem implante de prótese peniana

O uso da bomba peniana é para casos de pacientes mais idosos que não querem colocar uma prótese, inclusive, porque podem ter um alto risco cirúrgico.

Nestes casos, o paciente não tem mais ereções mas ainda deseja ter relações sexuais com penetração. Então, o paciente introduz o pênis dentro  da bomba, aciona o vácuo, que vai permitir o fluxo de sangue para o pênis,  e quando o órgão está em comprimento e ingurgitamento máximos, o paciente vai colocar  um anel de silicone para travar a base do pênis e manter a ereção para a penetração.

Esse anel não deverá ficar travando o pênis por mais de 30 minutos para não provocar danos ao órgão devido à compressão. Além disso, esse travamento também dificulta um pouco a ejaculação.

Bomba peniana aumenta o pênis?

Muitos homens acreditam que tem como aumentar o pênis a partir do uso da bomba peniana porque lê promessas milagrosas da internet. No ambiente digital, há anúncios que afirmam que a bomba peniana funciona mesmo, engrossa e pode render aumentos de até 7 cm no pênis. Isso não é verdade. 

Devido a esse exagero muitos pacientes até acabam desacreditando totalmente nas funcionalidades do uso do dispositivo.

Mas sim, os pacientes que não sofreram nenhuma atrofia devido aos casos citados acima, podem esperar um aumento pequeno com o uso da bomba peniana, os resultados ficam em cerca de 1cm a 1,5 cm no período que estiver usando. Porém, depois de algum tempo, o órgão volta ao seu tamanho normal.

É como aqueles frequentadores de academia que fazem um treino forte de 1 a 2 horas e colocam uma camiseta para mostrar os músculos trabalhados. Esse efeito vai passar depois de um certo tempo.

Percebe-se que o dispositivo, se utilizado de forma correta, permite uma melhora da qualidade da ereção e otimiza o tamanho.

Como funciona a bomba peniana?

São dois os dispositivos mais comuns: a bomba peniana manual  e a automática. 

No dispositivo manual há um cilindro, a bomba de vácuo propriamente dita, que pode ser semelhante a uma seringa ou uma pera, é responsável por produzir o vácuo. Há também um látex para acoplar na base, onde será introduzido o pênis.

Já no dispositivo automático, há também o cilindro e a bomba propulsora de vácuo.  Existe o botão para ligar, que faz a sucção do pênis por meio do vácuo. Um outro botão faz a liberação do vácuo, para liberar a pressão, caso esta esteja exagerada, evitando causar danos ao tecido do pênis. 

Benefícios da bomba peniana

A bomba peniana tem sim um uso terapêutico e pode melhorar a função peniana em casos específicos. Saiba mais sobre o assunto.

Como usar bomba peniana?

Depois de acoplar todos os elementos da bomba conforme instruções do produto, é importante passar bastante gel aquoso no pênis antes de introduzir o pênis no dispositivo. Especialmente para a bomba manual, é indicado que o pênis esteja com uma ereção incompleta (cerca de 50%  ereto), para facilitar o uso.

Para usar a bomba peniana com a vacuoterapia, o paciente introduz o pênis dentro de um cilindro (bomba), que começa a fazer uma  sucção e formar um vácuo (pressão negativa). Este vácuo, causa uma diferença de pressão, estimulando a circulação sanguínea dentro do pênis, dilatando vasos, tecidos cavernosos e esponjoso, consequentemente levando à ereção.

Muitas vezes, quando o pênis está totalmente flácido, o paciente pode não conseguir um vácuo muito adequado, porque o ar escapa.

Depois que o pênis está dentro da bomba, é preciso tampar um buraco que fica no cilindro e começar a fazer o vácuo de forma manual até que o pênis fique insuflado ao máximo. É recomendado que o paciente não force demais o vácuo, e não sinta dor no processo, sob risco de causar dano no nervo ou na artéria.

No dispositivo automático, o cuidado deve ser ainda maior, porque a partir do momento que o paciente liga o botão do vácuo, o processo de sucção vai ocorrer continuamente. Se o  paciente não liberar o ar, poderá sofrer alguma lesão.

Normalmente, os pacientes em tratamento devem fazer esse procedimento uma  vez ao dia, por 10 a 15 minutos. Ao chegar no ingurgitamento máximo, é preciso segurar por um tempo determinado pelo seu médico e descansar alguns segundos.  

# Dica do Dr Marco Túlio

O uso do gel aquoso, que deve ser colocado de forma abundante no órgão sexual, antes do uso da bomba ajuda muito durante o procedimento.

Além disso, a depilação dos pelos pubianos também vai ajudar a melhorar a vedação na hora do procedimento e impedir os escapes do pênis.

Ressalvas para o uso da bomba peniana

O uso da bomba peniana pode ter algumas desvantagens, que merecem a atenção do paciente:

  • É preciso um certo tempo para se familiarizar com o dispositivo, então tanto o homem como a parceria necessitam de um pouco de paciência;
  • É necessário uma boa coordenação manual para fazer uso da bomba peniana elétrica ou manual;
  • Em alguns casos, a ereção pode não parecer natural, apresentando um pouco de falta de firmeza na base do pênis;
  • Se a pessoa não seguir as orientações do médico, o uso da bomba pode ter alguns efeitos colaterais, como ocasionar pontos vermelhos na superfície do pênis, dormência ou pele azulado no pênis, dor , hematomas e sensação de sêmen preso;
  • Se o paciente usa medicamentos para afinar o sangue, pode ficar sujeito a sangramentos com o uso da bomba peniana;
  • Para quem tem anemia falciforme ou que têm distúrbios sanguíneos, o uso da bomba pode não ser seguro.

Conclusão

É importante entender que as indicações, como usar a bomba peniana ou tempo de tratamento deve ocorrer com a prescrição  de um médico andrologista, que é a especialidade indicada para tratamento das questões sexuais masculinas.

O médico fará as recomendações e acompanhará os progressos, além de  esclarecer todas as dúvidas dos pacientes até mesmo para o uso dos modelos de bomba peniana adquiridos. 

Então, agora que sabe mais sobre bomba peniana, como usar e  para que serve, também  não esqueça que é preciso consultar o médico com regularidade, para tratar a saúde de forma preventiva, o que dá mais chance de resultados bem-sucedidos.

Home – Marco Túlio

Dr. Marco Túlio Cavalcanti Urologista e Andrologista. Disfunção Erétil e Impotência sexual: dê fim a esse tormento. Prótese do Pênis: a retomada da sua vida sexual. Doença Peyronie: correção da curvatura, recuperação do tamanho e calibre do pênis. Reposição Hormonal: retome o seu desempenho.

Instagram: @dr.mtcavalcanti

Youtube: Dr. Marco Túlio Cavalcanti

www.drmarcotuliourologista.com.br

Leia também

Potência sexual: o que pode prejudicar o desempenho?

Potência sexual: o que pode prejudicar o desempenho?

A maioria dos homens sonha com uma potência sexual que garanta um bom desempenho na cama. No entanto, em certas…
Quando o homem ejacula rápido o que pode ser?

Quando o homem ejacula rápido o que pode ser?

Antes de responder, imagine a situação: você tomou aquele banho, se perfumou, tomou uma taça de vinho para relaxar, tudo…
Sexo bom depois dos 40: você pode continuar tendo uma vida sexual saudável

Sexo bom depois dos 40: você pode continuar tendo uma vida sexual saudável

Que o sexo é bom nós não temos dúvida, mas e depois dos 40?  Se você está em boa saúde…
Translate »